27 abril 2007

Today… is the last day…

É verdade. Hoje coloco um ponto final numa etapa da minha vida. Sinceramente, nunca parei para pensar se fiz bem, ou mal, embora antes de tomar qualquer decisão, pense mais de mil vezes. Mas desta vez foi diferente. Não quer dizer que não sinta receio, até porque toda e qualquer mudança trás sempre consigo a carga que ela representa: a mudança. Contudo, nestes momentos, gosto sempre de recordar algumas frases de um escritor que admiro muito e que diz: "É preciso correr riscos, seguir certos caminhos e abandonar outros. Nenhuma pessoa é capaz de escolher sem medo”. Mas ele diz também que "Jamais deixe que as dúvidas paralisem suas acções. Tome sempre todas as decisões que precisar tomar, mesmo sem ter a segurança de estar decidindo correctamente." Eu decidi correctamente.
Em breve, novos desafios esperam-me e posso dizer que estou pronta para enfrentá-los. Por agora, vou curtir umas merecidas férias, vou passear, arejar, estar ao lado das pessoas que amo, para depois, então, trilhar o novo caminho que me espera. Sem medos.
É mais ou menos assim (eu hoje estou assim, sei lá, virada para o emocional, hihih) como diz uma música do grande Jorge Palma…



“Enquanto houver estrada pra andar
A gente vai continuar
Enquanto houver estrada pra andar
Enquanto houver ventos e mar
A gente não vai parar
Enquanto houver ventos e mar”

3 comentários:

Pablo disse...

Desejo-te toda a sorte do mundo... Que tudo te corra bem "cunhadinha"...

Marta disse...

AHAHAHAHAHAH!

Victor disse...

Apostar é preciso.

Desejo-lhe tudo de bom, estou certo que vai encontrar a felicidade que procura.